11 fevereiro, 2015

Alegria da minha vida

11 de fevereiro de 2015.
Quantos serão os dias, meu amor, as horas para ter de novo seu sorriso, seu abraço, seu carinho, seu beijo, seu cuidado?
Você é a alegria dos meus dias, o meu carinho, o meu amor, a minha razão de caminhar.
Agora você está aí, em uma maca de U.T.I., sedada, tão perto, mas tão longe. É como se tivessem apagado por esses momentos a minha luz. Não durmo, mas sonho com sua volta, com seu despertar, com sua voz chamando "pai" mil vezes em um dia.
Eu te amo, pai! Eu adoro ouvir isso.
Volte logo, filha! Acenda logo essa luz, de dia ou de noite, mas logo. É muito triste ficar sem você. É muito triste ficar sem minha alegria, sem minha emoção, sem calor.
Ah, minha pequena, minha florzinha, como eu amo e preciso de você!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home